#Oscar2023: comentando os indicados

Já temos os indicados à 95ª edição do Oscar, premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas que, apesar de seguir com os seus costumes, nunca perde os comentários dos seus fãs e haters. Com 11 indicações, Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo surpreendeu pelo feito, pois os votantes abraçaram, de fato, o hype do filme de Daniel Scheinert e Daniel Kwan que definitivamente divide opiniões. Percebi hoje ao ler que o “TikTok” levou 11 indicações, rs.

Outro longa que rendeu nesta lista foi o alemão Nada de Novo no Front, que concorre em 9 categorias, incluindo Melhor Filme. Tradicionalmente, histórias que se passam na 1ª ou na 2ª Guerra Mundial são apostas certas no Oscar, mas pelo detalhe deste ser um filme estrangeiro estar entre os principais é algo a ficar de olho. Será um grande favorito? Será que ele vai repetir a conquista que Parasita teve há alguns anos? Ou será que o Oscar vai sair da caixinha para votar com convicção em Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo?

Os Fabelmans já é um filme que seria um crime não ser indicado às principais categorias. Pessoalmente, esta será a primeira vez que vou torcer para que um diretor tradicional e clássico conquiste a estatueta de Melhor Direção pois, assim como a atuação de Michele Williams, a direção de Steven Spielberg é uma das coisas que mais gosto deste drama bastante pessoal do cineasta.

Além disso, também fiquei empolgada pelas indicações de Elvis, inclusive para Melhor Filme, já que é uma produção bem diferenciada. Apesar desta conquista ser mas tenho 99% de certeza que Austin Butler leva como Melhor Ator, com aqueles 10% correndo por fora para Brendan Fraser pela sua aclamada atuação em A Baleia, ainda inédito no Brasil. Mas claro, se pudesse premiava Paul Mescal por Aftersun. O que é uma pena o longa de Charlotte Wells ter sido indicado em apenas em uma categoria sendo que poderia, facilmente, estar presente em outras.

Outra lamentação fica pela Viola Davis ter ficado de fora das indicadas à Melhor Atriz por A Mulher Rei. Afinal, ela é a grande potência deste filme e seria uma ótima oportunidade para a Academia ousar em uma indicação de atuação no gênero de ação. No entanto, sabemos que esse prêmio é de Ana de Armas por Blonde. Esse filme mereceu somente esta lembrança por conta da atriz ser a única coisa boa e decente nesta desastrosa cinebiografia de Marilyn Monroe. Lembrando da obsessão da Academia de sempre premiar qualquer atuação biográfica e este ano temos duas cinebiografias de grandes ídolos da cultura pop americana: Marilyn Monroe e Elvis Presley.

Brasil fora do #Oscars2023 

Finalizando o momento de lamentação por, mais uma vez, o Brasil ficou de fora dos indicados. Sideral e O Território eram os últimos concorrentes brasileiros que poderiam entrar nesta lista final nas categorias de Melhor Curta-Metragem de Ficção e Melhor Documentário em Longa-Metragem, respectivamente. Vamos ter que torcer para argentino novamente em um mundial já que a América Latina estará representada com Argentina, 1985 em Melhor Filme Internacional.

E foi uma grande alegria foi ver Naatu Naatu, de RRR (Revolta, Rebelião, Revolução), indicado a Melhor Canção Original. Pelo visto, a Academia abraçou, de fato, essa canção contagiante deste filme ainda mais empolgante e vivo. Me desculpem Rihanna e Lady Gaga, mas minha torcida fica com esse hino indiano.

Enfim, já comentei demais. Agora é terminar a maratona do Oscar e aguardar a cerimônia mais importante do cinema mundial. A 95ª edição do Oscar acontece no dia 12 de março. 

Confira a lista completa dos indicados:

Melhor Filme
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
Os Banshees de Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans
Tár
Top Gun: Maverick
Triângulo da Tristeza
Entre Mulheres

Melhor Direção
Martin McDonagh – Os Banshees de Inisherin
Daniel Kwan e Daniel Scheinert – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Steven Spielberg – Os Fabelmans
Todd Field – Tár
Ruben Östlund – Triângulo da tristeza

Melhor Atriz
Cate Blanchett – Tár
Ana de Armas – Blonde
Andrea Riseborough – To Leslie
Michelle Williams – Os Fabelmans
Michelle Yeoh – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor Ator
Colin Farrell – Os Banshees de Inisherin
Austin Butler – Elvis
Brendan Fraser – A Baleia
Bill Nighy – Living
Paul Mescal – Aftersun

Melhor Ator Coadjuvante
Brendan Gleeson – Os Banshees de Inisherin
Brian Tyree Henry – Causeway
Judd Hirsch – Os Fabelmans
Barry Keoghan – Os Banshees de Inisherin
Ke Huy Quan – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor Atriz Coadjuvante
Angela Basset – Pantera Negra: Wakanda para Sempre
Hong Chau – A Baleia
Kerry Condon – Os Banshees de Inisherin
Stephanie Hsu – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Jamie Lee Curtis – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor Roteiro Adaptado
Nada de Novo no Front
Glass Onion: Um Mistério Knives Out
Living
Top Gun: Maverick
Entre mulheres

Melhor Roteiro Original
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans
TÁR
Triângulo da tristeza

Melhor Trilha Sonora
Nada de Novo no Front
Babilônia
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans

Melhor Canção Original
Applause, de Tell It Like a Woman, música e letra de Diane Warren, com interpretação da cantora e atriz Sofia Carson
Hold my hand, de Top Gun: Maverick, música e letra de Lady Gaga e Bloodpop
Lift me up, de Pantera Negra: Wakanda Para Sempre, música de Tems, Rihanna, Ryan Coogler e Ludwig Goransson, letra de Tems e Ryan Coogler
Naatuu Naatu, do filme RRR, música de M.M. Keeravaani, letra de Chandrabose
This is life, de Tudo Em Todo Lugar ao Mesmo Tempo, música de Ryan Lott, David Byrne e Mitski, letra de Ryan Lott e David Byrne

Melhor Animação
Pinóquio por Guillermo del Toro
Gato de Botas 2: O Último Pedido
Marcel the Shell With Shoes On
A Fera do Mar
Red: Crescer é uma Fera

Melhor Filme Internacional
Nada de Novo no Front
Argentina, 1985
Close
Eo
The Quiet Girl

Melhor Documentário
All That Breathes
All the Beauty and the Bloodshed
Vulcões: A Tragédia de Katia e Maurice Krafft
A House Made of Splinters
Navalny

Melhor Curta Documentário
The Elephant Whisperers
Haulout
How Do You Measure a Year?
The Martha Mitchell Effect
Stranger at the Gate

Melhor Curta Live Action
An Irish Goodbye
Ivalu
Le Pupille
Night Ride
The Red Suitcase

Melhor Curta de Animação
The Boy, the Mole, the Fox, and the Horse
The Flying Sailor
Ice Merchants
My Year of Dicks
An Ostrich Told Me the World is Fake, and I Think I Believe It

Melhor Edição
Os Banshees of Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
TÁR
Top Gun: Maverick

Melhor Fotografia
Nada de Novo no Front
Bardo, Falsa Crônica de Algumas Verdades
Elvis
Império da Luz
TÁR

Melhor Figurino
Babilônia
Pantera Negra: Wakanda para Sempre
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Sra. Harris Vai a Paris

Melhor Som
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
Batman
Elvis
Top Gun: Maverick

Melhor Maquiagem e Penteados
Nada de Novo no Front
The Batman
Pantera Negra: Wakanda para Sempre
Elvis
A Baleia

Melhor Design de Produção
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
Babilônia
Elvis
Os Fabelmans

Melhores Efeitos Visuais
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
The Batman
Top Gun: Maverick
Pantera Negra: Wakanda para Sempre

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s