Fabiana Karla vive sua primeira protagonista no cinema: “Me emocionei”

Equipe participou de entrevista coletiva

Um dos maiores triunfos de Uma Pitada de Sorte, nova comédia brasileira dirigida por Pedro Antônio, com certeza é a harmonia evidente entre o seu elenco. E isso quem confirma é a própria equipe que estrela o filme que traz a atriz Fabiana Karla vivendo a sua primeira protagonista no cinema brasileiro. “Ainda não caiu a ficha. Foram feitos vários tratamentos no roteiro para que eu pudesse me sentir no personagem. Fiz o dever de casa: assisti a vários filmes, tive aula com Chef, aprendi a fazer empratamento para fazer as coisas de modo convincente. A gente se divertiu muito e eu só sei trabalhar me divertindo. Quando assisti o filme pela primeira vez, me emocionei”, relatou a atriz em entrevista coletiva. 

Em Uma Pitada de Sorte, Pérola vive com a mãe e um irmão menor adotivo. Seu grande sonho é ser reconhecida como chef e enquanto seu desejo não se torna realidade, a moça trabalha como animadora de festas infantis e sous chef (o segundo no comando de uma cozinha) em um restaurante na Zona Sul do Rio. Tudo começa a mudar na vida de Pérola quando ela é aprovada num teste para ser auxiliar de um renomado chef em um programa de televisão.

Fabiana Karla protagoniza Uma Pitada de Sorte

Segundo o diretor Pedro Antônio, Uma Pitada de Sorte é uma comédia de situações que possui o equilíbrio no humor, especialmente quando trata de assuntos sérios na história da protagonista. “Eu trabalho com comédia há muito tempo e é um lugar que consigo acessar com facilidade. Nos preocupamos em tratar determinadas situações, como o desemprego, com o coração aberto, pois a maneira de tocar em assuntos sensíveis como a superação, a família e o amor, é você saber construir boas situações tendo o equilíbrio de falar disso com otimismo. O filme tenta ser um espelho de identidade para o público”, explicou.

Filho do cineasta Paulo Thiago (1945-2021), Pedro contou que a personagem de Jandira Martins, que interpreta Gina, mãe de Pérola na comédia, foi uma homenagem ao seu pai que era um grande entusiasta da cultura brasileira e, claro, do cinema mundial. O diretor, inclusive, relembrou dos filmes que assistia de Orson Welles (1915-1985) e dos livros de Machado de Assis (1839-1908) que o patriarca lhe incentivava a consumir. “O meu pai era apaixonado pelo Brasil. Ele viveu em um período difícil no país, mas acreditava no Brasil. Quando você tira da sua origem, a tua criatividade, é natural que fique bom porque é genuinamente verdadeiro. Sai de um lugar profundo. E no humor, a gente não inventa, a gente descobre”, destacou Pedro que contou que Paulo Thiago conseguiu assistir ao Uma Pitada de Sorte antes de falecer.

Elenco exalta a harmonia entre os atores e no set de filmagem

A essência familiar do roteiro escrito por Pedro Antônio ao lado de Regiana Antonini e Álvaro Campos foi o que atraiu a atriz Jandira Martins a participar do projeto: “Gostei da simplicidade do roteiro e o sucesso do filme é esse, que ele é absolutamente verdadeiro, vem do respeito pela comédia. Essa harmonia do elenco vem de um lugar inexplicável”, elogiou.

Família completa

A cumplicidade entre os irmãos também é um dos ápices de Uma Pitada de Sorte. Para Fabiana, não existem lacunas a serem preenchidas no núcleo familiar formado por ela, a mãe e o irmão caçula, Fred, vivido por R.P. Rulfino. “A família no filme é completa, não passa a ideia de que falta alguém. Existia uma cumplicidade de irmãos, em que ele me protegia e era mais maduro do que a minha personagem. Foi fácil a gente conseguir levar essa relação para as telas”, ressalta a atriz.

Já R.P. Rulfino compartilhou que trouxe as suas próprias experiências familiares para compor o personagem: “Eu tenho três três irmãos, sendo dois mais velhos, e me inspirei na relação que tenho com eles, que sempre me apoiaram no que eu queria para a minha vida. E com a Fabiana, nos conectamos muito e foi maravilhoso ver isso se realizar na minha frente. Foi muito gratificante.”

Fabiana espera que outras mulheres como Pérola possam se enxergar e se inspirar na jornada batalhadora da sua personagem em Uma Pitada de Sorte. “Temos muitas ‘Pérolas’ no Brasil, entendendo o que querem para as suas vidas e acreditando nos seus sonhos. Chega um momento na sua vida que você precisa falar o que te faz feliz e o que te faz bem. Vamos descobrir muitas ‘Pérolas’ e espero que todas essas mulheres consigam atingir os seus sonhos”, concluiu.

Uma Pitada de Sorte estreia nos cinemas no dia 15 de setembro. 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s