O melhor do #Oscar2021

Demorou, mas chegou o post com os melhores looks da 93ª edição do Oscar! A cerimônia de ontem permitiu que os artistas pudessem desfilar os seus melhores trajes no tapete vermelho, presencialmente, depois de uma temporada toda em casa. E, por ser a premiação que encerra a época mais movimentada em Hollywood, vou dizer que foi a melhor edição já feita neste formato híbrido – metade presencial e online – este ano.

Além de ter os resultados mais coerentes e muito bem distribuídos, o Oscar 2021 realizou mudanças pontuais na sua apresentação que resultaram em um evento mais dinâmico, conciso e simpático. Mas entendo a comoção por causa do encerramento que, inexplicavelmente, aconteceu de forma abrupta, deixando o momento muito mal digerido. Segundo a imprensa inglesa, o prêmio de Melhor Ator teria Olivia Colmann no lugar de Anthony Hopkins para recebê-lo e também discursar os agradecimentos do premiado. Então fica aí a cargo da Academia se explicar porque encerrou a transmissão online da atriz e não a deixou receber o Oscar. 

As conquistas históricas femininas por parte de Nomadland também marcaram a noite de ontem. Chloé Zhao é a segunda mulher a vencer na categoria de Melhor Direção, em 93 anos de história do Oscars. Além de ser a primeira mulher asiática – ela é chinesa – a ganhar o prêmio de Direção. E ah, tem o prêmio principal da noite né? Nomadland melhor filme!

Frances McDormand é segunda atriz a vencer três vezes o prêmio de Melhor Atriz na história do Oscar – Katherine Hepburn foi a primeira – a primeira a vencer na categoria de Atriz e Melhor Filme (ela foi produtora de Nomadland) na mesma edição e em apenas 3 anos, ela sai de novo vitoriosa como Melhor Atriz no Oscar. Ela recebeu o seu segundo prêmio em 2018, pelo filme Três Anúncios Para Um Crime. Realmente foi uma das melhores edições da história do Oscar. Além dos melhores looks do tapete vermelho, confira lá embaixo, a lista completa dos vencedores. 

Confira os vencedores do Oscar 2021:

MELHOR FILME: Nomadland
MELHOR DIREÇÃO: Chloé Zhao – Nomadland
MELHOR ATOR: Anthony Hopkins – Meu Pai
MELHOR ATRIZ: Frances McDormand – Nomadland
MELHOR ATOR COADJUVANTE: Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Yuh-Jung Youn – Minari
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: Meu Pai
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Bela Vingança
MELHOR CURTA-METRAGEM: Dois Estranhos
MELHOR ANIMAÇÃO: Soul
MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO: Se Algo Acontecer…Eu Te Amo
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Professor Polvo
MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM: Collete
MELHOR FILME INTERNACIONAL: Druk: Mais uma Rodada (Dinamarca)
MELHOR FOTOGRAFIA: Mank
MELHOR MONTAGEM: O Som do Silêncio
MELHORES EFEITOS VISUAIS: Tenet
MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste – Soul
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: H.E.R – “Fight for You” – Judas e o Messias Negro
MELHOR SOM: O Som do Silêncio
MELHOR FIGURINO: A Voz Suprema do Blues
MELHOR CABELO E MAQUIAGEM: A Voz Suprema do Blues
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO: Mank

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s