Framing Britney Spears: um grito de socorro da Princesa do Pop

Framing Britney Spears veio para esclarecer o caos que se tornou a vida da Princesa do Pop que, na mesma proporção que a sua carreira decolou entre os anos 90 e 2000, também decaiu drasticamente. Talvez ela, assim como Lindsay Lohan, sejam os maiores exemplos de como o show business pode simplesmente desestruturar famílias, vida pessoal e saúde mental. Mas, afinal, de quem é a culpa nisso tudo? 

É muito fácil apontar que os artistas são os maiores responsáveis pelo caos que provocam por onde passam. Porém, sem uma base sólida e confiável, não há como se manter em pé por muito tempo no meio desta indústria que suga até o último pingo de dignidade da pessoa por dinheiro, publicidade e o que mais puder vender. No documentário televisivo, produzido pelo jornal New York Times, a jornada de Britney Spears é apresentada sob uma perspectiva de que sua vida e carreira, assim como de muitas jovens estrelas, foi moldada pelo machismo, pela pressão popular e julgamento da mídia. Todos se tornaram culpados pelo o que a cantora sofre atualmente.

É assustador e deprimente ver a imagem da cantora sempre acompanhada com uma chacota ou com alguma acusação, especialmente após o término do seu namoro com Justin Timberlake, onde, como todo homem com fama de bom moço, controlou a narrativa e a pintou como vilã em suas músicas. Logo, tudo o que Britney viria fazer, se tornava um absurdo e errado.

O documentário também aborda como funciona a tutela de Jamie Spears, o pai, sobre Britney e a longa batalha judicial para que isso seja revertido, o que gerou o movimento #FreeBritney. Advogados, ex-funcionários, paparazzi e jornalistas participaram do filme também para esclarecer os seus papéis neste processo que “aprisionou” Britney Spears.

Framing Britney Spears pode até parecer um pouco sensacionalista devido ao conteúdo, mas o seu maior triunfo é por justamente lembrar que por de trás de tudo isso, existe uma mãe, uma mulher e um ser humano que precisa ser ouvida..

Um comentário

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s