Jogos Vorazes: A Esperança – O Final

The Hunger Games: Mockingjay – Part 2 | Direção: Francis Lawrence | Roteiro: Danny Strong e Peter Craig | Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman e Woody Harrelson | Gênero: Aventura, Ficção Científica | Nacionalidade: Estados Unidos

O cinema de Hollywood sempre visa, primeiramente, o lucro, depois o conteúdo. Infelizmente a última parte de Jogos Vorazes também sofreu com este mal. Jogos Vorazes: A Esperança – O Final demorou tanto pra chegar aos cinemas, quanto para terminar na telona. Mas calma, o filme ainda tem o seu valor e a Jennifer Lawrence ainda é a nossa heroína.

Quando estreou a franquia nos cinemas, eu era uma grande entusiasta, pois achava a história tão diferente, tão sagaz e tão crítica que logo emendei os livros. Acabada a leitura, fiquei ainda mais fã de Jogos Vorazes. Era realmente, um novo drama político para os jovens terem algo pra refletir. Superficialmente, mas válido igual. Porém, com o passar do tempo, a sequência dos filmes foi perdendo a força. Depois de Em Chamas, esperar mais um ano para assistir Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), era um saquinho. Além dos espectadores já terem esquecido o que aconteceu entre um filme e outro, Francis Lawrence errou ao dividir a Esperança. Imagina a economia de tempo que teríamos, ao assistir apenas duas horas do resumo de cada uma, do que estas quatro horas de caminhadas, propaganda política de Katniss, uma explosão aqui, uma flecha acolá, um momento para o romance e o conflito pessoal. É muito para tão pouco. Sem contar que não precisava de alguns diálogos bregas e união de outros personagens (aff). E ah, não tem cena de golpe, da tomada do governo. O que poderia tornar tudo mais emocionante, não tem! Se não fosse por essas, acredito que continuaria em chamas com Jogos Vorazes.

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final ainda tem um grande elenco como Julianne Moore, Woody Harrelson, Philip Seymour Hoffman e Elizabeth Banks, que foram desperdiçados. A interpretação acaba sendo tão programado que se imagina que não foi apenas o falecido Seymour Hoffman que recebeu um tratamento na pós-produção. Ao contrário do sempre competente Presidente Snow (Donald Sutherland). Como deve ser bom fazer papéis de vilão, não? O filme também tem o seu valor graças a Jennifer Lawrence. Secretamente, acho a sua atuação em Jogos Vorazes bem melhor do que nas demais indicações que leva por aí. Desde do primeiro filme, Katniss era rápida e independente, o que conquistava qualquer admirador de uma ousadia. Assim como foi com Peeta (Josh Hutcherson, me liga) e conosco. Aqui, ela ainda continua a mesma. Mas cada vez mais, com vontade de ver o sangue de Snow rolar. E como dito anteriormente, demora, mas este momento chega. JLaw merece todo crédito positivo nos filmes.  Pois não só apenas alavancou a sua carreira, como também salvou uma franquia inteira de Jogos Vorazes.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s