One Direction – Where We Are: The Concert Film

one-direction-concert-film-poster53406Como diria a gloriosa Elis Regina na canção Como nossos pais: nossos ídolos ainda são os mesmos. E ela tem toda a razão. Não importa a década, século, ano, sempre existirá uma banda que fará todas as meninas se jogarem no chão implorando por um filho ou apenas por um toque na mão.
One Direction surgiu no programa britânico The X Factor e foi apadrinhado pelo produtor Simon Cowell, que não foi bobo nem nada e conseguiu tornar a banda no fenômeno que é hoje. E a cada turnê é produzido um documentário com os bastidores da tour com várias entrevistas emocionantes, onde contam um pouco sobre a vida pessoal, a alegria de realizar o sonho de cantar para milhões de pessoas e claro, muita avacalhação um com outro, pois eles são jovens, meninos e muito faceiros com esta vida de rockstar.

Nesse último documentário lançado, se é que dá pra chamar de documentário, pois apenas uma entrevista antecede o grande espetáculo que todos esperam, mostra todo alvoroço que é o One Direction e de como um um monte de rostinhos bonitos que cantam bem lotam um mega estádio na Itália. Eu assumo uma mea culpa, pois sou fã da banda e não os acho apenas mais um grupinho pop nesse mundo onde qualquer um consegue ser famoso. Se antes eu não dava bola pra eles, hoje os considero uma ótima boy band. Óbvio que muito colega me olha torto quando conto que gosto das músicas deles, pois a imagem de ídolos de adolescente pega muito mais forte do que sei lá, ouvir Story Of My Life e sentir todo o espírito esportivo e ver que sim, eles têm um som legal. E eles não dançam, caso isso lhe preocupe. E isso nunca será motivo de esconder as coisas pelas quais gosto, afinal de contas eu chorei muito no final na parte final de Amanhecer e não tenho problemas de contar essas coisas.

Mas enfim, vou te dizer que não é a banda que faz o show acontecer. Sim, são elas que fazem Louis, Harry, Niall, Zayin e Liam se tornarem o colírio dos nossos olhos. As fãs fazem  todo o espetáculo do filme e não são apenas aquelas que estão vendo o concerto ao vivo, mas as que estão sentada ao seu lado no cinema. Infelizmente mais cantei embalada no coral da sala do que ouvia pelas caixas de som, mas isso não foi de todo mal. Aquela vontade de gritar enquanto acontecia Through The Dark e Live While We’re Young na tela pôde ser concretizado junto com outras que sentiam a mesma coisa.

Where We Are teve apenas este final de semana para ser exibido nos cinemas como forma de dar a oportunidade para nós fãs que não puderam ir ao show e as que queriam reviver a noite mais importante de suas vidas na telona e ter toda a liberdade de soltar do peito a vontade de cantar and we danced all night to the best song ever

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s